21/03/18 | 14:28
Prefeitura finaliza reparos em trecho a ser liberado na Djalma Batista


Os trabalhos para a liberação de um trecho do sentido bairro/Centro da avenida Djalma Batista, na zona Centro-Sul, seguem em ritmo acelerado. Nesta terça-feira, 20/3, equipes da Prefeitura de Manaus atuaram na finalização dos serviços de implantação da calçada, recomposição do meio-fio e sarjeta, além da implantação de uma caixa coletora.

Em visita ao local, o vice-prefeito e secretário de Infraestrutura, Marcos Rotta, avaliou junto a técnicos da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) e do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) os trabalhos já executados e destacou que as ações no local estão sendo realizadas com celeridade e, principalmente, responsabilidade.

“Nossa preocupação maior aqui é salvaguardar as edificações e também a segurança das pessoas que aqui trabalham e circulam. Iniciamos neste trecho um trabalho minucioso de canalização em um igarapé  e parte deste trabalho já foi finalizado. Ainda nesta semana, deveremos entregar um trecho da via, sentido bairro/Centro, que já está em fase de acabamento das calçadas, meio-fio, sarjetas e outros serviços”, destacou.

Além dos serviços de drenagem superficial e a recuperação de 27 metros de calçada, também está sendo finalizada no local a construção de um “poço de visita”, que irá servir de acesso à rede de drenagem para futuras manutenções, sem a necessidade de  interrupção do fluxo de veículos na avenida.

Após encerradas todas as fases do serviço, será realizado o recapeamento asfáltico e a revitalização da sinalização de trânsito. Somente após esses procedimentos, a via será totalmente liberada.

Um dos principais corredores viários da capital, a Djalma Batista foi interditada para substituição de 42 metros da antiga rede de drenagem profunda da via, que possuía mais de 40 anos. Até o momento, 70% da obra de implantação da nova tubulação, com cerca de 30 metros de tubos em concreto armado, foram assentados. A obra mobiliza, ao menos, 100 homens da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), além de diversos maquinários.

No trecho que fica próximo ao posto de gasolina e a uma rede de lanchonete, sentido Centro/bairro, o trabalho segue em ritmo mais cauteloso e sem prazo para conclusão, por conta da necessidade de se criar um desvio na rede de drenagem que passava por baixo desses estabelecimentos. Nessa frente de obra, o cronograma prevê o estaqueamento dos prédios comerciais, a fim de evitar desmoronamentos, escavação e a retirada da antiga tubulação. Paralelamente, homens e máquinas da prefeitura atuam na confecção de uma caixa coletora para promover o desvio da tubulação.

— —

Texto: Divulgação/Seminf

Fotos: Lucas Silva/Semcom